Seixal reúne com Governo para discutir realojamentos do Jamaica

A Câmara do Seixal reúne, segunda-feira, com a secretária de Estado da Habitação, Ana Pinho, para discutir os realojamentos do Bairro da Jamaica, que estão atrasados devido à especulação imobiliária.

 

“A reunião acontece para ver toda a questão dos realojamentos, porque foi assinado o protocolo em 2017 por várias entidades. É um acordo de colaboração entre a câmara e áreas do Governo”, disse à Lusa fonte do gabinete de comunicação da autarquia.

À TSF, a vereadora da Habitação, Manuela Calado, adiantou que a autarquia pretende “fazer um ponto de situação” sobre os realojamentos em Vale de Chícharos, mais conhecido como Bairro da Jamaica, e explicar que “o orçamento previsto fica abaixo daquilo que são os valores de mercado”.

O município contava ter começado a segunda fase de realojamentos até ao fim do ano passado, mas, em janeiro, avançou que o processo está atrasado devido às “burocracias e à especulação imobiliária”.

“Infelizmente, este é um processo moroso e burocrático. Foi desenvolvido um procedimento para aquisição das habitações destinadas ao realojamento do qual não resultaram propostas para a totalidade das habitações necessárias, tendo em conta que os valores da portaria são baixos em relação aos preços de mercado praticados atualmente”, esclareceu numa nota de imprensa.

Ainda assim, no mesmo comunicado, a Câmara do Seixal referiu que continua a decorrer o processo de aquisição de 74 habitações para os moradores dos lotes 13, 14 e 15, prevendo-se o reinício do processo “até ao final de 2020”.