A340 da Hi Fly descola hoje de Beja para ir buscar equipamento médico à China

Da China para Portugal virão máscaras, óculos, roupas, testes de diagnóstico, ventiladores e outros equipamentos médicos.

O gigante A340 da Hi Fly descola esta sexta-feira, dia 20, do Aeroporto de Beja, onde está estacionado, em direção ao Aeroporto de Guangzhou, na China, para carregar cerca de 30 toneladas de equipamentos médicos essenciais para a luta contra a pandemia provocada pelo novo coronavírus.

O voo de emergência, para transportar máscaras, óculos, roupas, testes de diagnóstico, ventiladores e outros equipamentos médicos, regressa a Portugal na manhã do domingo, dia 22 de março, com aterragem prevista no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

A Hi Fly recusou todos os lucros da missão e, através da Fundação Mirpuri, fez uma doação de 100.000 euros para contribuir nos custos da missão.

Recorde-se que a transportadora aérea foi buscar cidadãos europeus à China, depois de ter explodido a crise com o Covid-19.