Setúbal vai comprar bens essenciais para grupos de risco e promove o comércio local

Para garantir a segurança dos munícipes, a autarquia vai adquirir bens essenciais nos estabelecimentos locais e via banco alimentar. Já o comércio local, recebe nova iniciativa de promoção.

O município de Setúbal disponibilizou hoje, 23 de março, uma linha de apoio para a aquisição de bens essenciais em superfícies comerciais e farmácias, destinada a munícipes que pertençam aos grupos de risco identificados como mais propensos a contrair a doença. Incluídos estão doentes oncológicos, pessoas com deficiência, incapacidade e em quarentena e toda a população com mais de 70 anos.

Os pedidos fora destes grupos serão encaminhados para as juntas de freguesia para serem analisados e, eventualmente, integrados na rede de apoio e distribuição já existente.

Além da aquisição de bens alimentares, os munícipes também vão beneficiar de um banco de alimentos, localizado na Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal, criado por decisão do Grupo de Bens Essenciais da Comissão Municipal de Protecção Civil de Setúbal, onde a autarquia irá buscar os produtos alimentares de primeira necessidade para colmatar os pedidos dos munícipes.

O Grupo de Bens essenciais é composto pela autarquia, as cinco freguesias do concelho, Serviço Municipal de Protecção Civil, Bombeiros e algumas entidades ligadas à área da intervenção social. A linha de apoio é gratuita e está disponível através do 800 212 216.

A autarquia sadina pôs também em marcha, na página oficial do município no Facebook, a campanha “O que é de Setúbal vai parar à sua mesa”, que incentiva estabelecimentos de comércio local a entregar bens e produtos ao domicílio.

A campanha é, ao mesmo tempo, uma medida de apoio ao comércio tradicional com possibilidade de entregas seguras ao domicílio e uma forma evitar a circulação de pessoas nas ruas, para conter a propagação do surto de Covid-19.

Os negócios locais que cumpram os requisitos e estiverem interessados em participar na iniciativa, poderão contactar o Departamento de Comunicação e Imagem, Relações Públicas e Turismo, via correio electrónico, em [email protected]. Aos munícipes, bastará aceder à página do Facebook da autarquia e acompanhar a lista de estabelecimentos promovidos.