Seixal dá garantias aos bombeiros na falta de apoio do MAI

O presidente da autarquia visitou dois quartéis de bombeiros do concelho e agradeceu aos profissionais por se manterem firmes, apesar dos riscos para a saúde pessoal.

A Câmara Municipal do Seixal tem assegurado as condições logísticas necessárias à operacionalidade dos corpos de bombeiros do município perante a ausência de apoio do Ministério da Administração Interna (MAI). Máscaras, luvas, óculos, viseiras, fatos, refeições – bem como o acolhimento de bombeiros em situação de isolamento -, fornecidos pelo município têm sido fundamentais na garantia de segurança dos operacionais.

Esta terça-feira, 24 de março, Joaquim Santos, presidente da autarquia, visitou os quartéis de bombeiros do Seixal e da Amora para reafirmar o empenho do município na garantia de todas as condições necessárias aos ‘soldados da paz’ do concelho, face à passividade do Governo na resposta à situação.

O autarca seguiu para o Centro Municipal de Isolamento de Bombeiros, no Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento, para conferir as condições em que são acolhidos os operacionais suspeitos de estarem infectados com o novo coronavírus no exercício das suas funções, agradecendo por “uma vez mais estarem na linha da frente”.