Misericórdia de Évora triplica número de refeições a carenciados

A instituição quase triplicou o número de refeições que a sua cantina social serve diariamente aos mais carenciados, devido à pandemia.

“Houve um aumento da procura de pessoas a quererem alimentação” e, desde o início da pandemia, “o número de refeições servidas triplicou”, disse à Lusa o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Évora (SCME), Francisco Lopes Figueira.

Segundo a instituição, a cantina social – em funcionamento desde 2013 no Recolhimento Ramalho Barahona, um dos lares da SCME – “serviu diariamente 35 refeições” em março deste ano, tendo passado, atualmente, para “103 refeições por dia”.

Os 35 agregados familiares e 52 beneficiários apoiados, referiu a SCME, foram encaminhados para esta resposta pelo Instituto de Segurança Social, pela Unidade de Rede para os Sem-Abrigo, pela Associação Pão e Paz, pela Refood, pela Cruz Vermelha e outras instituições.