Portalegre investe mais 420 mil euros nas tapeçarias

O Objetivo promocional passa por divulgar as obras de arte no país e no estrangeiro e, ao mesmo tempo, cativar novos artífices.

As tapeçarias de Portalegre continuam a ser uma imagem de marca da cidade que, por intermédio da autarquia, estão a ser promovidas dentro e fora do país, não só com o intuito de aumentar os proventos turísticos e comerciais, mas também para incentivar o surgimento de novos artesãos.

De acordo com uma nota da câmara municipal, está em marcha um projeto no valor de 420 mil euros, dos quais 294 mil são da responsabilidade do Programa Valorizar, do Turismo de Portugal.

O plano estratégico anunciado pela autarquia portalegrense contempla a dimensão académica, artística, patrimonial e comercial das Tapeçarias portalegrenses que, desde há mais de 70 anos, criam peças de grande qualidade, reproduzindo da tela para o tear obras de arte de dezenas de artistas famosos, portugueses e estrangeiros. Em 2001 foi mesmo criado um museu dedicado às tapeçarias da cidade.