Monte do Pasto e Innoliva investem mais de 15 milhões em Cuba e Alvito

O acordo entre as duas empresas prevê um projeto agrícola sustentável de olival e frutos secos no Alentejo.

O projeto será implementado nos concelhos de Cuba e Alvito, integra uma parte desenvolvida em cultura orgânica/biológica, pelo que será um “fator de dinamização económica e social sustentável” nos dois concelhos, “com forte impacto na criação de emprego e na geração de valor acrescentado”.

Também a “vocação exportadora” do projeto “irá reforçar o potencial comercial de outras produções alentejanas, designadamente possibilitando a criação de uma marca com certificação de origem e a melhoria de margens para os produtores do Alentejo”. A exportação terá como alvo a Ásia, onde se valorizam os produtos premium portugueses, como o azeite, o vinho, etc.

O acordo insere-se na estratégia de valorização dos recursos regionais que o Grupo Monte do Pasto está a desenvolver no quadro da sua integração na “Plataforma Focus”, uma iniciativa do seu acionista CESL Ásia.

As duas entidades ligadas ao projeto têm qualidade e experiência comprovada. O Monte do Pasto, com 35 anos de experiência em pecuária e agricultura sustentável, tem sede no concelho de Cuba e quase 3.700 hectares de pastagens nos concelhos de Alvito, Ferreira do Alentejo e no município onde está sedeado. A Innoliva diz ser “um dos maiores produtores de azeite virgem extra e azeite virgem extraorgânico no mundo”, e tem propriedades no Alentejo, mas também em Espanha, perfazendo um total de 8.000 hectares, espalhados pelos países ibéricos.