Softinsa cria laboratório em Portalegre

A empresa Softinsa vai criar um Centro de Desenvolvimento em Portalegre, com o objetivo de criar um “Lab” especializado em soluções tecnológicas para as Cidades Inteligentes.

O acordo foi ontem, dia 25, assinado entre a Câmara Municipal de Portalegre, o Instituto Politécnico de Portalegre, a Softinsa e a IBM Portugal, com o objetivo de criar postos de trabalho qualificados.

Na primeira fase, o Centro de Desenvolvimento ficará sedeado no Campus Politécnico, na incubadora de empresas de base tecnológica, ocupando o espaço de cowork. Uma vez concluídas as obras de ampliação da BioBIP, ocupará um dos novos edifícios com dois andares e área útil de aproximadamente 500 m2.

Sempre que seja viável, a autarquia irá colaborar no desenvolvimento ou implementação de soluções tecnológicas inovadoras. A cidade de Portalegre e o concelho serão usados como um “laboratório vivo”, que permita testar funcionalidades e a sua adaptabilidade à realidade local, em áreas como a gestão sustentável do uso da água em espaço urbano e as soluções para Cidades Inteligentes.

No recrutamento para os postos de trabalho, serão privilegiados os recursos humanos do distrito e, em especial, os diplomados pelo Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), das áreas das engenharias e da gestão.

O diretor geral da Softinsa, Sérgio Pereira, sublinha o “orgulho” com que celebra “a parceria da Softinsa e da IBM Portugal com a câmara e o Politécnico de Portalegre para a criação de um Lab especializado”.

O presidente do IPP, Albano Silva, referiu que “a assinatura deste protocolo para a criação de um centro da Softinsa no Campus Politécnico representa um acontecimento com enorme valor estratégico para o instituto, para a cidade e para a região. Sentimos o pulsar do desenvolvimento regional, quando pensamos na janela de esperança que se abre com a fixação de quadros e a criação de emprego qualificado”.

Também a presidente da autarquia, Adelaide Teixeira, disse que “só a fixação de empresas poderá permitir a fixação de pessoas, pelo que a estratégia seguida pela câmara, no âmbito das suas competências, nomeadamente a promoção do desenvolvimento e captação de investimento em geral, tem sido a de contactar empresas instituições e investidores, divulgando o potencial do concelho de Portalegre”.