APSS investe na requalificação da cobertura do quartel dos Sapadores de Setúbal

Intervenção consiste na execução de um conjunto de trabalhos de conservação da cobertura do imóvel, edificada em chapas de fibrocimento intercaladas por elementos de betão armado.

A cobertura do quartel da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal está a ser beneficiada numa operação de manutenção especializada, com recurso à técnica de encapsulamento, que torna o equipamento municipal ambientalmente sustentável e com melhores condições de segurança e conforto.

A intervenção, segundo um comunicado de imprensa da autarquia, consiste na execução de um conjunto de trabalhos de conservação da cobertura do imóvel, edificada em chapas de fibrocimento intercaladas por elementos de betão armado, para correção de pequenas infiltrações e prevenir a libertação de partículas.

Estão igualmente previstas, “a limpeza de toda a cobertura, a que acresce a reparação de fissuras e a aplicação de um material para encapsulamento das fibras de amianto nas chapas de fibrocimento”.

“Esta técnica consiste na aplicação de um produto que reage quimicamente com os componentes do fibrocimento e que liga as partículas que compõem as estruturas, impedindo que estas sejam libertadas, assegurando, em simultâneo, a correta impermeabilização da cobertura”, lê-se na mesma nota.

Com previsão de conclusão durante o primeiro trimestre desde ano, a obra envolve um investimento superior a 50 mil euros, assegurados pela APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, no âmbito de um protocolo de cooperação firmado a 16 de junho com a autarquia sadina.

Em curso desde meados de fevereiro, a intervenção enquadra-se na estratégia municipal de reabilitação geral do imóvel, o qual, nos últimos anos, tem sido alvo de um investimento camarário para melhoria das condições gerais de utilização.