Júri Nacional aprova Bandeira Azul na Praia Fluvial de Monsaraz

Mais de 30 entidades da administração pública e da sociedade civil, que compõem júri nacional do Programa Bandeira Azul, submeteu e recomendou a aprovação desta candidatura ao júri internacional do programa Bandeira Azul 2021, que vai deliberar até ao final do mês.

A Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz anunciou hoje que o Júri Nacional do Programa Bandeira Azul da Europa reconheceu e felicitou o “excelente desempenho na época balnear de 2020, que requereu um envolvimento e um empenho excecionais no cumprimento das regras de segurança” na Praia Fluvial de Monsaraz, informa o comunicado enviado pelo Júri Nacional à autarquia. Esta é a 5.º vez consecutiva que a praia é reconhecida.

À semelhança dos anos anteriores, a praia cumpriu com os critérios de avaliação sobre boas práticas ambientais, análises da qualidade da água balnear, códigos de conduta ambiental, visitas de controlo nacionais e internacionais/ocorrências, painel comum de informação e atividades de edução ambiental.

A praia fluvial de Monsaraz, que conta com mais de 150 metros de extensão, foi inaugurada em 2017 e conta com uma torre de vigilância e posto para os nadadores salvadores, posto médico com desfibrilhador automático externo, duches públicos, cadeiras anfíbias, rampas de acesso à água para utilizadores com dificuldades de mobilidade e estacionamento para 500 lugares, incluindo para veículos de pessoas com mobilidade reduzida. “Todos os anos recebeu a bandeira azul. Em 2019 foi atribuído à praia o primeiro prémio da Praia + Acessível, no âmbito do programa “Praia Acessível – Praia para Todos”, informa a câmara em comunicado.

Os veraneantes podem ainda usufruir das infraestruturas do Centro Náutico de Monsaraz, nomeadamente um bar/restaurante, parque infantil, zona de merendas, ancoradouro e rampa para acesso dos barcos à água. Na praia há também espaços para venda de artigos de praia, bebidas, comida rápida e gelados e os operadores disponibilizam passeios de barco e desportos náuticos.

O município de Reguengos de Monsaraz assinou um protocolo com a Sines Tecnopolo – Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama e a ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo para o desenvolvimento do projeto “Internacionalizar + Estações Náuticas do Alentejo”, nomeadamente para as estações náuticas de Monsaraz, de Alqueva – Moura, de Sines, de Avis e de Odemira.