IP lança concurso público para aumentar capacidade do IP8 em Santiago do Cacém

A Infraestruturas de Portugal (IP) publicou em Diário da República o concurso público para a empreitada de duplicação do Itinerário Principal (IP) 8, no concelho de Santiago de Cacém, no valor de 58 milhões de euros.

De acordo com a IP, em comunicado, a intervenção prevê a melhoria das condições de circulação e segurança no IP 8, entre o nó de Relvas Verdes e Roncão, no concelho de Santiago do Cacém, num troço de cerca de 15 quilómetros.

A empreitada, no valor de 58 milhões de euros, vai garantir a “duplicação do traçado existente para um perfil de 2×2, melhorando as acessibilidades ao Porto de Sines”, precisou.

“Com um preço base de concurso de 58 milhões de euros, este é o maior investimento em infraestruturas rodoviárias a executar pela IP no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência – PRR”, lê-se no comunicado.

Na mesma nota, a empresa destacou que, também no âmbito do PRR, está em fase de execução no terreno e em contratação um conjunto de 17 obras que correspondem a um total de 257 milhões de euros de investimento.

“Atualmente, temos já 17 obras lançadas no âmbito do PRR, com 10 empreitadas em fase de contratação e sete já em execução no terreno”, explicou.

Entre as obras em execução destaca-se a via diagonal/interface rodoferroviário da Trofa, na Estrada Nacional (EN) 14, a ligação ao Parque Industrial do Mundão, na EN229, em Viseu, a beneficiação das acessibilidades à Zona Industrial de Riachos, em Torres Novas, e a variante à EN 248, em Arruda dos Vinhos.

A construção das ligações rodoviárias em falta e o aumento da capacidade da rede, o reforço das ligações rodoviárias transfronteiriças e a melhoria das acessibilidades rodoviárias às áreas de acolhimento empresarial são as três vertentes do programa de investimentos da IP.