Loja dos CTT reabre segunda-feira em Aljustrel

O presidente da Câmara de Aljustrel congratula-se com a reabertura da loja dos CTT na vila, considerando ser “a correção de um erro que nunca devia ter sido cometido”.

 

“Registo com bastante agrado a reabertura da loja, o que representa a correção de um erro dos CTT que nunca devia ter sido cometido”, disse à Lusa Nelson Brito, afirmando ser “uma vitória para a população, que assim garante um serviço imprescindível, e para o município, que chegou a interpor uma ação em tribunal para tentar anular o fecho”.

A empresa CTT – Correios de Portugal anunciou ontem, 19 de fevereiro, que a loja na vila de Aljustrel vai reabrir na segunda-feira, um ano e quatro meses depois de ter fechado em 19 de outubro de 2018, tendo o posto passado a funcionar nas mesmas instalações, mas gerido por um parceiro privado.

Trata-se da “quinta loja em sede de concelho a ser reaberta, no âmbito do compromisso público dos CTT de reabrir lojas únicas em sede de concelho”, refere a empresa.

Segundo o operador postal universal em Portugal, o compromisso “tem em vista o reforço da elevada proximidade às populações e da capilaridade da rede” dos CTT, não procedendo a novos encerramentos”.

Recorde-se que em janeiro de 2019, a Autoridade Nacional de Comunicações exigiu aos CTT a apresentação de “uma proposta” para que todos os concelhos do país tenham, “pelo menos, uma estação de correios ou um posto de correios com características equivalentes às da estação”.