Dois rapazes morrem afogados numa albufeira em Santiago do Cacém

Dois rapazes, entre os 15 e os 17 anos, morreram hoje à tarde afogados na barragem da Quinta da Ortiga, no concelho de Santiago do Cacém, revelou o comandante da corporação local de bombeiros.

O mesmo responsável, Pedro Torrão, disse à agência Lusa que o alerta foi dado aos bombeiros às 17h39, pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O alerta referia “duas vítimas em paragem cardiorrespiratória”, naquela barragem, situada na localidade de Relvas Verdes, acrescentou o comandante.

Quando a primeira equipa dos bombeiros chegou ao local, ainda efetuou trabalhos de reanimação das vítimas, mas ambas acabaram por falecer, disse Pedro Torrão.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Santiago do Cacém, os dois jovens “são da zona de Lisboa” e encontravam-se a frequentar “uma colónia de férias” na zona, acrescentou.

Por volta das 18h50, os corpos ainda permaneciam no local e as autoridades aguardavam a chegada de uma equipa de apoio psicológico.

Para esta ocorrência, foram mobilizados 13 operacionais, apoiados por seis viaturas, incluindo bombeiros, GNR e INEM, nomeadamente com a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.