Baleia-anã em estado de decomposição dá à costa perto da praia da Comporta

Uma baleia-anã em adiantado estado de decomposição deu hoje à costa perto da praia da Comporta, no concelho de Grândola, tendo já sido removida e enterrada, disse à agência Lusa o capitão do porto de Setúbal.

Paulo Alcobia Portugal indicou que o mamífero, com cerca de nove metros de comprimento, estava em “elevado estado de decomposição, já com a parte óssea à amostra”.

O cetáceo, de acordo com a mesma fonte, foi encontrado, cerca das 10h30, por elementos da vigilância da Autoridade Marítima Nacional, a cerca de um quilómetro a norte da praia da Comporta, tendo posteriormente sido removido do areal por funcionários da Câmara Municipal de Grândola, com o apoio de uma máquina.

Alcobia Portugal adiantou que elementos do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e da Universidade de Évora, fizeram uma recolha de informação do mamífero, “para avaliação”.

Segundo o capitão do Porto de Setúbal, a baleia-anã foi depois enterrada, na zona de areal, junto da duna, perto da praia da Comporta, devido “à dificuldade de a remover do local”, com intervenção de funcionários e uma máquina do município.

Estiveram também envolvidos na operação elementos da Polícia Marítima de Setúbal.