Aljustrel atribuiu 23 bolsas de estudo a alunos do ensino superior

As bolsas visam apoiar os estudantes que, em virtude da sua situação económica, têm dificuldade em prosseguir os estudos nos estabelecimentos de ensino superior, tutelados pelo Ministério da Educação.

 

A Câmara Municipal de Aljustrel atribuiu, após análise dos processos de candidatura/renovação, 23 bolsas de estudo a alunos do concelho que frequentam o ensino superior no ano letivo 2019/2020.

A concessão das bolsas visa proporcionar apoio aos estudantes que, em virtude da sua situação económica, têm dificuldade em prosseguir os estudos nos estabelecimentos de ensino superior tutelados pelo Ministério da Educação.

Com esta atribuição a autarquia “pretende também colaborar na formação de quadros técnicos superiores, residentes no município de Aljustrel, contribuindo para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural”.

A verba, este ano, destinada pela autarquia, “devido a uma maior procura por parte de candidatos que cumpriram os requisitos do Regulamento Municipal de Atribuição de Bolsas de Estudo, aumentou em cerca de 20 por cento, tendo, assim, sido apoiados, em relação ao ano letivo anterior, mais quatro estudantes do concelho”, lê-se numa nota de imprensa.

Recorde-se que os estudantes, para receberem as bolsas, entre outros requisitos, têm de provar a carência de recursos económicos para início ou prosseguimento dos estudos, têm de ter tido aproveitamento escolar no ano letivo anterior e ser residentes no concelho de Aljustrel há mais de um ano.