ASAE desmantela local de exploração ilícita de jogo de fortuna ou azar em Évora

Um homem foi detido e quase 4 mil euros foram apreendidos, bem como uma máquina de jogo de fortuna ou azar e respetivos mecanismos de introdução de dinheiro e ativação remota.

Uma investigação da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) resultou no desmantelamento de um local de exploração ilícita de jogo de fortuna ou azar num estabelecimento de restauração nas imediações de Évora, informou esta segunda-feira a entidade.

Da ação resultou a detenção de um suspeito e a apreensão de 3.986 euros resultantes da exploração ilícita do jogo, além de uma máquina de jogo de fortuna ou azar e respetivos mecanismos de introdução de dinheiro e ativação remota.

Os equipamentos apreendidos encontravam-se dissimulados num “compartimento secreto” atrás de uma cortina metálica e de um quadro decorativo, que se abria mediante a ativação de um equipamento eletrónico remoto que se encontrava numa lareira do estabelecimento de restauração e bebidas, relatou a ASAE.

Para ativar os jogos de fortuna e azar, depois de aberto o compartimento secreto, era ainda necessária a introdução de determinadas sequências e códigos dissimulados.

No seguimento da operação, foi também instaurado um processo-crime pela prática do crime de exploração de jogos de fortuna ou azar fora dos locais legalmente autorizados, que em Portugal só é permitida nos casinos existentes em zonas de jogo permanente ou temporário criadas por decreto-lei.