Fundação Montepio doa a IPSS 15 viaturas adaptadas

Os carros foram adquiridos com dinheiro devolvido ao abrigo da Lei da Liberdade Religiosa. Odemira, no Alentejo, e Vale da Amoreira, Setúbal, foram contemplados.

A Fundação Montepio vai entregar, no próximo dia 15, em Lisboa, outras tantas viaturas adaptadas a 15 instituições particulares de solidariedade social (IPSS). A “Frota Solidária”, nome dado a esta operação, tem como finalidade equipar as IPSS com meios em falta e que foram adquiridos com verba devolvida à Fundação pelo próprio Estado.

Ao todo foram entregues à Fundação Montepio 128.268 euros. Este montante, de acordo com o que diz a instituição, é referente a 2018 e reporta-se à consignação fiscal aplicada no âmbito da lei da Liberdade Religiosa.

Entre as 15 IPSS este ano contempladas, conta-se a alentejana Associação de Solidariedade Social de Nossa Senhora do Mar, em Odemira, e o Centro de Reformados e Idosos do Vale da Amoreira, Moita, no distrito de Setúbal.

As restantes instituições contempladas são a Santa Casa da Misericórdia de Vagos, o Centro Social da Paróquia de S. Lázaro, Braga, a CERCIGUI – Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos com Incapacidade de Guimarães, a Engenho – Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este, o Centro Social Nossa Senhora das Neves de Malpica do Tejo, a Santa Casa da Misericórdia de Boticas, o Centro Social da Quinta do Monterroso da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de São Romão, a AMITEI – Associação de Solidariedade Social de Marrazes, a Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canavezes, a Associação Nomeiodonada IPSS – Kastelo, Matosinhos e o Patronato Nossa Senhora da Bonança, Caminha.

Desde 2008 que a Fundação Montepio já distribuiu 238 IPSS de todo o país equipamentos diversos avaliados em cerca de 4,3 milhões de euros.