Porto de Setúbal regista crescimento nos primeiros cinco meses do ano

Os segmentos da carga geral apresentaram o desempenho mais positivo, com a carga fracionada a registar mais 29%.

O Porto de Setúbal registou até maio um crescimento de 4,1%, face a igual período em 2020, com 2,8 milhões de toneladas movimentadas.

De acordo com um comunicado de imprensa da APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, os segmentos da carga geral apresentaram o desempenho mais positivo, com a carga fracionada a registar mais 29%, com 644 mil toneladas, a carga roll-on roll-off, 20%, com 118 mil unidades e a carga contentorizada, 13%, com 76,5 mil TEU.

Nos primeiros cinco meses do ano as mercadorias carregadas cresceram 11%, para um total de 1,5 milhões de toneladas, “um dado significativo que reforça a vertente exportadora” da infraestrutura e que se traduz num “sinal de recuperação sustentada que contribui para a evolução positiva da economia nacional”.

“O crescimento foi transversal aos terminais de serviço público e aos terminais de uso privativo. Os primeiros, com cerca de 4,3%, com destaque para o Terminal Ro-Ro, 13%, para o TMS-2, concessionado à Sadoport, 12,2%, assente no aumento da carga contentorizada, e para o TMS- 1, concessionado à Tersado, com um aumento de 2,4%, com o aumento da carga geral fracionada movimentada. Os segundos, de 3,6%, sendo de destacar o Terminal Secil, 15%, Praias do Sado, 17% e Tanquisado/Eco-oil, 40%”, afirma a APSS na mesma nota.

Também o número de navios que escalou o porto teve um aumento de 9%, 700 no total, e de 13% da dimensão média dos navios, 13 252 toneladas de GT. Estes dados “demonstram a tendência de consolidação da recuperação de carga no porto de Setúbal, que o mês de junho acentuará, e a certeza de que o esforço dos seus parceiros está a produzir um resultado positivo no desenvolvimento das suas atividades, criando confiança para continuar a apostar na modernização e na competitividade do porto e consequentemente da região”.