Prisão preventiva para homem do Seixal suspeito de pornografia de menores

O suspeito foi detido em Fernão Ferro, concelho do Seixal, e encontra-se já na prisão.

O Tribunal da Relação de Lisboa colocou em prisão preventiva um homem que, em outubro, tinha sido detido por pornografia de menores. Contudo, nessa altura foi libertado pelo Juiz de Instrução Criminal do Seixal, que considerou estar em causa apenas um crime, apesar do individuo ter sido preso por 53 atos criminosos.

O Ministério Público recorreu da decisão e viu agora os juízes desembargadores dar-lhe razão na imputação de 53 crimes. O suspeito foi detido em Fernão Ferro, concelho do Seixal, e encontra-se já na prisão.

A investigação da Polícia Judiciária de Setúbal apurou que o suspeito, pelo menos desde o início de janeiro de 2021, partilhava e descarregava no seu computador pessoal ficheiros de pornografia infantil.

A PJ contabilizou 5618 ficheiros, dos quais 38 eram vídeos que mostram imagens de crianças e jovens, de idade inferior a 14 anos, em práticas sexuais. Nestes estavam envolvidos 53 menores.