Elvas torna-se ‘capital’ da cultura popular catalã de sexta a domingo

O centro histórico de Elvas (Portalegre) vai transformar-se na ‘capital’ da cultura popular catalã, entre sexta-feira e domingo, num festival no qual participam mais de 600 elementos pertencentes a 34 grupos da Catalunha (Espanha)

Promovido pela Adifolk – Associació per a la difusió del folklore (Associação para a difusão do folclore, em português), Delegação em Portugal do Governo da Catalunha e Câmara de Elvas, a 34.ª edição do APLEC (festival em catalão), une as diversas expressões do folclore da Catalunha, revelou a organização.

Contactado hoje pela agência Lusa, o delegado do Governo da Catalunha em Portugal, Rui Reis, explicou que o festival está a ser preparado “desde abril do ano passado”, tendo os primeiros contactos para a realização do evento em Elvas surgido após conversações com a Direção Regional de Cultura do Alentejo. “É uma oportunidade muito grande para mostrar aquilo que é a cultura popular catalã em Portugal”, disse.

Durante os três dias de festival, o público vai poder assistir a espetáculos de dança, como a tradicional sardana, gigantes, diabos, habaneras, jogos tradicionais, fogo-de-artifício, bem como a exposições e palestras.

O festival teve início em 1988, tendo já passado por Portugal, nomeadamente por Lisboa, em 2002. A iniciativa já percorreu, igualmente, várias cidades europeias (como Paris ou Frankfurt) e de outras partes do mundo, como Washington, nos Estados Unidos da América.

Além dos 600 elementos pertencentes aos 34 grupos que vão atuar, Rui Reis indicou que vão marcar também presença no evento “mais 700 ou 800 pessoas” que viajam da Catalunha como acompanhantes dos artistas. “É muito interessante porque mobiliza aquilo que é a economia local. Todos os alojamentos já estão esgotados há meses”, sublinhou.

Segundo Rui Reis, é também “muito interessante” o intercâmbio entre Elvas e a Catalunha, acrescentando que a região alentejana vai ter “muita divulgação” nos diversos órgãos de comunicação social catalães. “Este é um evento muito mediático na Catalunha”, frisou.

Além dos diversos espetáculos que vão decorrer na Praça da República, com entradas grátis, e das exposições e palestras que estão agendadas para o Museu de Arqueologia e Etnografia de Elvas, Rui Reis destacou a realização do L´Aplec del Caragol de Lleida.

Trata-se de uma mostra gastronómica dedicada ao caracol, que faz parte da cozinha tradicional catalã, e que vai decorrer no sábado, entre as 12:00 e as 14:00, na Praça da República.

A 34.ª edição do APLEC tem início oficial às 18:00 de sexta-feira, no Cineteatro Municipal de Elvas, com a receção aos grupos participantes e um desfile festivo com a presença das autoridades e convidados, de acordo com a organização.

A Adifolk é a entidade que promove a cultura popular catalã a nível nacional e internacional.