Sete pessoas detidas em operação da GNR de prevenção criminal em Almada

A operação envolveu 140 militares de diversas valências do comando territorial de Setúbal da GNR. 

Sete pessoas foram detidas no âmbito de uma operação policial especial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de prevenção criminal em Almada, no distrito de Setúbal, anunciou hoje aquela força policial.

A operação, desenvolvida na sexta-feira, envolveu 140 militares de diversas valências do comando territorial de Setúbal da GNR, nomeadamente do dispositivo territorial, trânsito, intervenção e investigação criminal, bem como meios do Comando Territorial de Lisboa, do Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC) e do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) da Unidade de Intervenção (UI).

Do total de detidos, dois foram por tráfico de estupefacientes, três por condução sem habilitação legal e dois por desobediência.

No âmbito desta operação, a GNR detetou 77 infrações e apreendeu diverso produto estupefaciente, nomeadamente 153 doses individuais de haxixe, 106 de crack, 14 de cocaína, 14 de heroína, uma de liamba e uma garrafa de óxido nitroso.

Foram ainda apreendidos quatro veículos e aplicados 55 autos de contraordenação no âmbito da legislação rodoviária, 16 autos no âmbito do funcionamento dos estabelecimentos comerciais e seis autos por posse e consumo de estupefacientes.

Segundo a GNR, esta operação teve como objetivo principal a visibilidade da autoridade em locais de concentração de pessoas referenciadas por incidentes sociais, bem como a prevenção e o combate à criminalidade.

O objetivo foi a dissuasão de atividades criminosas, controlo, deteção e prevenção da prática de infrações relacionadas com armas e estupefacientes e o reforço do sentimento de segurança da população.