Comboios para Évora e Beja não chegam aos 100 quilómetros/hora

O estudo da CP revela também que apenas existem quatro viagens em cada sentido entre Lisboa e Évora e que os funcionários da CP utilizam os autocarros.

 

Uma viagem de comboio Intercidades entre Lisboa e Évora demora, por norma 1h26, sendo que a média da velocidade atingida para percorrer os 141 quilómetros entre as duas cidades é de 97,5 quilómetros por hora. Já da capital até Beja, para um percurso de 179 quilómetros, gastam-se 2h10 a uma velocidade média de 82,1 quilómetros/hora.

As conclusões da CP e foram publicadas esta sexta-feira, no Público. Esse levantamento diz que o percurso entre Lisboa e Évora é o terceiro mais rápido do país, apenas suplantado pelas viagens entre a capital e o Porto e Braga que são, de resto, os únicos trajetos onde são ultrapassados os 100 quilómetros horários de média. O percurso entre Lisboa e Beja é o sétimo mais rápido num total de 14 analisados. Não foram revelados dados relativos à Linha do Leste (Entroncamento/Badajoz), que atravessa todo o distrito de Portalegre e onde são utilizadas automotoras fabricadas em 1954.

As duas cidades alentejanas constantes do estudo da CP terão beneficiado da modernização da Linha do Sul, efetuada em 2004. Nessa via existem troços onde as composições podem chegar aos 200 quilómetros horários. No entanto, nas zonas mais montanhosas, já próximo da fronteira com o Algarve, as velocidades caem para máximos de 80 quilómetros/hora.

No caso das viagens entre Lisboa e Évora há ainda a assinalar o facto de apenas se realizarem quatro viagens diárias em cada sentido, sendo que a Rede de Expressos utiliza nesses mesmos trajetos 23 ligações diárias. Tal facto faz com que os próprios revisores e maquinistas da CP utilizem maioritariamente os autocarros para poderem ir trabalhar, sendo as despesas suportadas pela empresa ferroviária.