Hospital de Beja coloca equipa do bloco operatório em quarentena

Segundo fonte da unidade de saúde, não está previsto encerramento de qualquer serviço. Também um bombeiro de Beja foi colocado em quarentena.

Cerca de uma dezena de profissionais do bloco operatório do Hospital de Beja foi colocada em quarentena, após terem participado na operação de uma mulher que testou positivo ao coronavírus. Entre eles há médicos, enfermeiros e auxiliares.

A idosa, de 95 anos, foi transferida do Centro de Saúde de Castro Verde, após ter fraturado uma perna no lar do Centro Social dos Montes Altos, concelho de Mértola, do qual é utente.

Ao que adianta o Jornal de Notícias, o conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) garantiu ter seguido todas as normas de atuação após o resultado do teste ter sido positivo, nomeadamente, colocando toda a equipa de saúde em quarentena.

Para já, “não foi abordado em tempo algum o encerramento de qualquer serviço”, garante a direcção da ULSBA. Segundo a mesma fonte, também um voluntário dos Bombeiros de Beja foi colocado em quarentena.