Capela dos Ossos em Évora reabre com lotação máxima de 10 pessoas

A célebre Capela dos Ossos, integrada na Igreja de São Francisco, em Évora, e um dos principais atrativos turísticos da cidade, reabre, na terça-feira, com uma lotação máxima de 10 pessoas em simultâneo.

Encerrados desde 14 de março, devido à pandemia de covid-19, os espaços musealizados da Igreja de São Francisco, no centro da cidade, retomam as visitas “seguindo o calendário de desconfinamento estabelecido pelas autoridades de saúde”.

Para além da Capela dos Ossos, segundo um comunicado enviado da Igreja de São Francisco, também reabrem aos visitantes o Núcleo Museológico de Arte Sacra e a Coleção de Presépios Canha da Silva.

“A lotação da Capela dos Ossos fica limitada a 10 pessoas em simultâneo para permitir o distanciamento mínimo”, assim como será “obrigatório o uso de máscara, a desinfeção das mãos à entrada e à saída e distanciamento entre as pessoas”, lê-se na nota.

Os três espaços musealizados da Igreja de São Francisco reabrem com o horário normal de verão, das 9h00 às 19h00, enquanto a retoma dos serviços religiosos está prevista para o dia 31 deste mês.