Investigador da Universidade de Évora distinguido com bolsa Starting Grant

Especialista em arquitetura e cidades, Ricardo Agarez procura soluções para reutilização de materiais em edifícios.

Ricardo Agarez, arquiteto e historiador da arquitetura e cidades, que exerce funções como professor no Departamento de Arquitetura da Universidade de Évora (UÉ), foi distinguido com a bolsa Starting Grant do European Research Council.

O trabalho de Ricardo Agarez foi reconhecido pela forma como são reutilizados e substituídos os materiais, mas também pelo processo de atualização e aperfeiçoamento dos edifícios alvo de intervenções.

Com uma taxa de aprovação de 13% nesta edição, o programa de bolsas Starting Grants do ERC distinguiu um conjunto diversificado de cientistas de 40 nacionalidades, cujos projetos estarão baseados em 25 países europeus.

Estima-se que os projetos agora financiados permitirão criar 2500 postos de trabalho para investigadores pós-doutorados, estudantes de doutoramento e outros, nas instituições de acolhimento. As bolsas Starting Grant do European Research Council fazem parte do programa de Investigação e Inovação da União Europeia, Horizonte 2020.

O Conselho Europeu de Investigação, criado em 2007, é a principal organização europeia de financiamento de investigação avançada de excelência. Cada ano, seleciona e apoia os melhores e mais criativos investigadores de qualquer nacionalidade e idade, para dirigir projetos baseados na Europa. O ERC oferece quatro tipos de programas principais: Starting, Consolidator, Advanced e Synergy Grants. Com o esquema adicional Proof of Concept, o ERC apoia projetos que visam encurtar a distância entre a investigação pioneira e a comercialização.