53 idosas infetadas do lar Mansão de São José levadas para a BA-11

As mulheres estavam no lar Mansão de São José, em Beja, e foram transferidas durante a tarde de domingo para o centro de acolhimento militar.

As Forças Armadas ativaram, na sexta-feira, o Centro de Acolhimento localizado na Base Aérea N.° 11, para receber 53 idosas infetados por Covid-19, provenientes do lar “Mansão de São José”, em Beja.

As utentes, não dependentes, foram transportados, durante a tarde de domingo, pelos bombeiros da região.

O Centro de Acolhimento foi ativado na sequência de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil ao Estado-Maior-General das Forças Armadas, e é gerido e guarnecido por pessoal do Serviço Nacional de Saúde e da Segurança Social, em articulação com a Câmara Municipal de Beja e a Base Aérea.

Este é um dos oito Centros de Acolhimento disponibilizados pelas Forças Armadas ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, os quais dispõem de 512 camas em Portugal continental e ilhas.​