Semmais Alentejo de fevereiro já está nas bancas

Viragem extrema? Marcelo venceu em todos os distritos do Alentejo nas presidenciais, mas foi Ventura a grande surpresa pela expressão conseguida na região. À Semmais desde mês, os analistas falam de um voto de protesto contra o sistema. Desvalorizam a questão ideológica, mas confirmam a importância simbólica do resultado do Chega.

O entrevistado deste mês é o presidente da câmara de Grândola, Figueira Mendes. O autarca explica como está a viver a pandemia, a crise social e o desenvolvimento do concelho.

E continuando no Litoral Alentejano, fomos conhecer a vida dos faroleiros. E não é uma vida fácil, mas sim solitária, mal paga e muito desgastante. É preciso estofo mental.

Mais a norte, sabia que em Galveias, concelho de Ponte de Sor, há um império imobiliário? Haver há, mas a gestão está repleta de constrangimentos.

O Alentejo é um repositório de património. Por isso mesmo, percorremos a região para escrever sobre um enorme espólio de peças, algumas centenárias, que contam a história de como se vivia, trabalhava e comia.

E a riqueza do nosso território estende-se também ao setor vitivinícola. A produção DOC na região movimenta 240 milhões de euros, num laboratório que junta 68 castas diferentes.

Mas também ao histórico. Evocou-se o mês passado a Batalha das Linhas de Elvas, uma das mais importantes da Restauração, que deu vitória a Portugal e que continua a ser recordada.

Mas somos também uma região resiliente. O popular “Ferra-o-bico”, clube de Cabeça Gorda, volta aos relvados dois anos depois de ter suspendido a atividade por falta de dinheiro.

Na área da cultura, o Museu do Relógio, com sede em Serpa e um polo em Évora, guarda muitos segredos do tempo, em milhares de peças de relojoaria mecânica que fazem furor mundial.

Mas damos-lhe também a conhecer “O Carpinteiro de Papel” que conta a história de Joaquim, um homem de 81 anos, que relata estórias com recortes de caixas de medicamentos.

 

Estas e outras reportagens da sua Semmais de fevereiro.

Boas Leituras, esta semana também em papel.

Obrigada pela confiança. Proteja-se, nós informamos!