Côte d’Azur aposta forte no setor imobiliário em Setúbal e Sesimbra

A agência de medição imobiliária Côte d’Azur tem em mãos cerca de oito projetos premium que estão em fase de construção em Setúbal e Sesimbra.

O mercado de imóveis de luxo no distrito continuou a provar a resiliência face à crise causada pela Covid-19, e o interesse pelo setor está em franco crescimento, tanto ou mais do que antes da pandemia. “Estou convicto que será um bom ano mesmo com todas as dificuldades provocadas pela Covid-19. Já se nota muita procura e o mês de março foi um dos melhores meses de vendas nos últimos dois anos”, adianta ao Semmais Rachid Timchara, o sócio-gerente da imobiliária Côte d’Azur.

Fundada em 2012 por um conjunto de profissionais experientes no ramo imobiliário, a Côte d’Azur deixou de ser apenas uma imobiliária. “O facto de ter nascido pela construção ajudou muito, pois foi o gatilho para desenvolver departamentos como os de arquitetura e engenharia”, diz Rachid e acrescenta que tem sido a “forte aposta no marketing, desinvestimento, intermediário de crédito, departamento processual, contabilidade interna, desenvolvimento e organização de projetos” que fez com que hoje a empresa se mantenha enquanto uma sólida estrutura.

Nos últimos cinco anos, passaram dos 10 para os 150 colaboradores que estão distribuídos pelas seis lojas do distrito, o que representa a expansão da agência que se deve, também, ao surgimento da Prestige by Côte d’Azur, em 2018. A marca é direcionada para a elite e “nasceu da vontade de alcançar a excelência do luxo do mercado imobiliário”, para responder à necessidade de “criar uma nova marca que tivesse as características ideais para poder acompanhar o segmento premium e as suas necessidades especificas”, explica o sócio-gerente.

A Côte d’Azur tem vários projetos em mãos para a cidade de Setúbal e para a vila de Sesimbra. Ao todo são mais de oito empreendimentos e condomínios que estão em fase de construção, alguns em nome próprio e outros em parceria. “Somos uma das empresas com mais projetos em Sesimbra passando a investir também em Setúbal e noutras zonas da Margem Sul”, sublinha Rachid Timchara.

 

Empreendimentos para bolsas recheados em locais privilegiados

No Bairro Salgado, no concelho sadino, está a ser construído o condomínio Arca de Noé, dividido em cinco blocos de apartamentos, com tipologias entre o T1 e T4, que “foi concebido para tirar o máximo partido da luz natural e conta com infraestruturas como ginásio, duas piscinas, parque infantil e lugares de estacionamento”, partilha o mesmo responsável. A primeira fase fica pronta em setembro deste ano e as restantes têm a conclusão estimada entre 3 e 4 anos.

Para julho deste ano, a Côte d’Azur prevê ainda a finalização da obra do condomínio Vitalluxus Todi Residente, na Avenida Luísa Todi junto das principais praias, pontos de comércio, parques, restaurantes e do terminal fluvial dos barcos que fazem a travessia até à península de Troia.

Na vila de Sesimbra, também estão em fase de execução seis empreendimentos de luxo: o condomínio Villas d’ Ouro a apenas dois passos da Praia do Ouro e a cerca de cinco minutos a pé do centro da vila, constituído por 15 moradias; o Valbom Village composto por nove moradias isoladas, com áreas compreendidas entre os 172m2 e os 205m2, “desenhadas para satisfazer os mais altos padrões, combinando um design de interiores sofisticado com acabamentos de alta qualidade” e o projeto Combatente 21 que fica pronto dentro de dois anos. Na pacata localidade da Maçã, a primeira fase do empreendimento Jardins d’Arrábida, com 12 apartamentos, “fica pronto já em maio com o primeiro bloco vendido na totalidade. As outras fases, com cerca de 140 apartamentos, serão desenvolvidas nos próximos 4 a 5 anos”, conta Rachid Timchara.

Para o verão de 2022, a empresa prevê ainda concluir, em Sesimbra, o edifício residencial Cândido dos Reis e o projeto Edifício Paixão, este último desenhado pelo arquiteto Luís Paixão.

Consolidada no distrito de Setúbal e Grande Lisboa e com parcerias que resultam das presenças assíduas nos salões de imobiliário internacionais, nomeadamente nos Estados Unidos, Brasil, França, Moçambique, Emirados, Arábia Saudita, China, entre outros países, a Côte d’Azur “ambiciona levar imóveis a muito mais destinos”.