Medicina Intensiva do Centro Hospitalar de Setúbal obtém idoneidade formativa

Verificação atribui capacidade formativa para quatro médicos internos, válida por três anos

O Conselho Nacional da Pós-Graduação da Ordem dos Médicos atribuiu, recentemente idoneidade formativa ao Serviço de Medicina Intensiva do Centro Hospitalar de Setúbal (CHS).

“O relatório da visita de verificação de idoneidade ao Serviço de Medicina Intensiva do CHS foi homologado, a 11 de julho de 2022, pelo conselho nacional, tendo sido atribuída capacidade formativa para quatro médicos internos, válida por três anos”, explica o comunicado do Centro Hospitalar enviado à nossa redação.

“O Conselho de Administração, a Direção Clínica e a Direção do Internato Médico congratulam-se com esta atribuição que muito nos orgulha e reforça a notoriedade do CHS”, acrescenta.

O Serviço de Medicina Intensiva de Setúbal tem uma lotação, de acordo com o CHS, de 12 camas, um quadro médico de 17 elementos (9 de quadro do serviço e 8 colaboram regularmente), 43 enfermeiros e 27 assistentes operacionais.

Segundo a Unidade de Saúde, no ano de 2021, o SMI, tratou 389 doentes do foro médico e cirúrgico.