Grândola implementa pacote de 30 medidas

Pessoas singulares e instituições vão beneficiar de um conjunto de isenções de taxas, determinadas pela autarquia.

Há 30 medidas excecionais aprovadas pela Câmara Municipal de Grândola para fazerem face às dificuldades das famílias que viram reduzidos os seus proventos económicos face aos constrangimentos laborais surgidos em consequência do alastramento do Covid-19. Algumas destas medidas são igualmente extensíveis a instituições, sendo que muitas delas já foram obrigadas a encerrar.

Na reunião realizada na última quinta-feira, o executivo municipal decidiu, por exemplo isentar, por três meses, o pagamento de rendas das habitações sociais e municipais, assim como pagamento dos serviços de abastecimento de água, saneamento e resíduos aos consumidores do tarifário social doméstico.

Outra das decisões prende-se com o fornecimento de refeições aos alunos dos escalões A e B e alargamento desta medida às férias escolares da Páscoa. Será ainda criada uma Linha de Apoio Psicológico.

No que se refere às instituições, o município decidiu reforçar a verba destinada a bombeiros e IPSS do concelho. Mantém-se os apoios que já estavam previstos para clubes e associações, mesmo durante a paragem de atividades. Os clubes ficarão isentos, durante o mês de março, do pagamento da taxa de utilização dos equipamentos municipais.

Em relação aos apoios à economia local e empresas, a câmara decidiu efetuar o pagamento imediato a todos os fornecedores. Decidiu ainda, durante este trimestre, isentar o pagamento das tarifas fixas dos serviços de abastecimento de água, saneamento e resíduos para todos os consumidores não domésticos.

O conjunto de todas as medidas tomadas pode ser consultado em https://www.cm-gandola.pt/viver/saude/covid-19/medidas-de-apoio-a-populacao-empresas-e-instituicoes.