Despistagem aos trabalhadores de lares de Setúbal concluída hoje

O Governo quer que também sejam testados os funcionários das creches, que deverão abrir entre 18 de maio e 1 de junho.

São já 626 os trabalhadores de lares e residências de terceira idade do concelho de Setúbal, sem registo de infeção, que realizaram testes de despistagem à Covid-19. Até ao final do dia de hoje o processo deverá ficar concluído, com a realização de mais 255 ações. Ao todo foram identificados 48 estabelecimentos onde a doença não foi detetada.

As entidades regionais e distritais de saúde, segurança social e proteção civil, presidentes e vereadores das autarquias, o primeiro-secretário da Área Metropolitana de Lisboa e o secretário de Estado Duarte Cordeiro, coordenador da execução do Estado de Emergência na Região de Lisboa e Vale do Tejo avaliam como positivas as duas primeiras semanas de testes à Covid-19 nos lares.

Em reunião de balanço realizada no dia 8, foi realçada a capacidade de organização, o espírito de cooperação e a eficácia da metodologia usada para se concretizar o rastreio aos profissionais de prestação de cuidados de saúde nos estabelecimentos residenciais de apoio social para idosos e serviços de apoio domiciliário.

Foi também decidido avançar-se, no imediato, para a realização de testes aos profissionais que trabalham nas creches, tendo em conta que o Governo definiu um período de transição, entre 18 de maio e 1 de junho, para a abertura destes estabelecimentos educativos.

A realização de testes aos trabalhadores das creches ocorrerá em simultâneo com a dos profissionais dos lares ainda por efetuar, prevendo-se a conclusão até ao final da próxima semana.