Trabalhador com Covid-19 pertence à Volkswagen Service e não à Autoeuropa

Há um trabalhador infetado no Parque Industrial da Autoeuropa, mas pertence aos quadros da Volkswagen Service e não à empresa produtora de automóveis.

O trabalhador dado hoje como infetado com a Covid-19 pertence aos quadros da Volkswagen Service e não à Autoeuropa, confirmou ao Semmais Digital fonte sindical. “Não há caso algum registado na Autoeuropa e estes rumores da imprensa só geram confusão”, afiançou Fausto Dionísio, coordenador da Comissão de Trabalhadores da fábrica de Palmela.

Uma fonte da empresa confirmou também a não existência de qualquer caso de infeção, remetendo para um comunicado de imprensa, que deverá ser divulgado ainda hoje.

Segundo apurou o Semmais Digital, o trabalhador da Volkswagen Service, instalada também no Parque Industrial da Autoeuropa, terá sido contagiado no exterior, provavelmente em situação familiar. “Teve a consciência de avisar esta segunda-feira a Autoeuropa, por medida de precaução, porque esteve dois dias em contacto com colaboradores da empresa”, disse uma outra fonte.

Também por medida de prevenção, os responsáveis da Autoeuropa decidiram “manter em casa” um número de trabalhadores não especificado, de uma área de “não produção”, que terá tido contacto com o doente. “Seguiu-se o protocolo da quarentena, está tudo controlado”, confirmou o dirigente sindical.