Mantêm-se os 259 infetados com o novo coronavírus

Na segunda-feira será retomada quase toda a atividade, mas as autarquias continuam a pedir para se manterem as regras de segurança.

Não agravou nem desagravou a situação do Covid-19 no Alentejo. Os números de hoje da Direção Geral de Saúde (DGS) são iguais aos da véspera: 259 doentes confirmados e uma morte a registar, já há mais de um mês, no hospital de Beja.

A retoma de todas as atividades comerciais será um facto já a partir de segunda-feira, mas, ainda assim, as diversas câmaras municipais e as autoridades locais e nacionais de saúde continuam a insistir para o cumprimento das regras de higiene e segurança, sob pena de os valores da pandemia poderem voltar a crescer.

Hoje, diz a DGS, o concelho de Moura tem 71 casos registados. A câmara municipal, por sua vez, especifica que são 25 doentes com o vírus ativo, 55 pessoas já recuperadas e 38 que ainda se encontram sob vigilância médica.

O concelho de Évora voltou a registar 25 doentes, enquanto o de Beja tem 15 e o de Serpa apresenta 14. Elvas e Odemira têm nove cada qual, sendo que neste último a câmara diz que são apenas cinco pessoas ainda infetadas, três já recuperadas e mais cinco sob vigilância. Almodôvar, Montemor-o-Novo e Vendas Novas têm oito casos cada, enquanto Reguengos de Monsaraz regista sete pessoas doentes. Este número é contrariado pela autarquia local, que apenas reconhece a existência de oito pessoas já recuperadas. Os concelhos de Portalegre e Portel mantém os seis casos e Cuba continua com quatro.

Nos quatro concelhos do Litoral Alentejano integrados no distrito de Setúbal há três, de acordo com a DGS, que continuam nas listagens diárias (só Sines, por ter menos de três casos, não integra o grupo). Assim, Alcácer do Sal terá sete casos (a câmara diz que não tem doentes com o vírus ativo e refere apenas oito pessoas já recuperadas), Grândola apresenta 11 casos (a autarquia diz que são três doentes ativos, 13 recuperados e cinco pessoas em vigilância) e Santiago do Cacém 18 (o município refere um doente ativo e 14 recuperados).

Por regiões o Norte conta hoje com 16.739 infetados e 773 mortos. No Centro existem 3739 doentes e 238 vítimas. Em Lisboa e Vale do Tejo o número de pacientes é de 10.874 e o de óbitos de 354. No Algarve são 367 doentes e 15 mortos, tantos quantos os declarados nos Açores, que têm ainda 135 pacientes referenciados. Na Madeira, por fim, não se registam quaisquer alterações: 90 casos de vírus ativos e zero mortes.

A DGS informa ainda que em Portugal existem neste sábado 32.203 pessoas infetadas. Já morreram 1396 pacientes de Covid-19. O número de internados é de 514, sendo que 63, por inspirarem mais preocupações, estão em unidades de cuidados intensivos. Há 19.186 pessoas recuperadas.