Viana do Alentejo comparticipa medicamentos das famílias mais carenciadas

Cada utente carenciado pode usufruir de subsídio camarário até 100 euros. A Associação Dignitude assegura as verbas restantes.

A Câmara Municipal de Viana aprovou o regulamento do Programa A bem: Rede Solidária do Medicamento que irá beneficiar a população através da comparticipação de medicamentos, na sequência de um protocolo com a Associação Dignitude.

Segundo um comunicado do município, esta iniciativa resulta da constatação das fragilidades económicas de muitos cidadãos, que são levados a optar entre a aquisição de medicamentos e a aquisição de bens essenciais, agravando amiúde o seu estado de saúde.

Através do regulamento agora aprovado, foi decidido atribuir a famílias que se encontrem em situação de insuficiência económica uma comparticipação para aquisição de medicamentos sujeitos a receita médica do Sistema Nacional de Saúde ou prescritos por médicos registados na Ordem dos Médicos.

A comparticipação do município será de 100 euros por cada beneficiário, sendo o restante assegurado pela Associação Dignitude.

As candidaturas devem ser efetuadas de 1 a 30 de setembro, mediante o preenchimento de um requerimento próprio, disponível no Balcão Municipal e na página do Município.

O benefício cessa no final de cada ano, podendo o requerente solicitar a sua renovação.