Centro Geriátrico M.H.A.S, em Setúbal regista sete infetados

São para já sete pessoas infetadas com Covid-19 no Centro Geriátrico M.H.A.S, em Setúbal. Seis utentes e um funcionário. O primeiro caso foi detetado num idoso de 92 anos durante uma ida ao hospital S. Bernardo. As autoridades de saúde estão a proceder à testagem de utentes e funcionários.

 

Pelo menos seis utentes e um funcionário do Centro Geriátrico M.H.A.S, em Setúbal, testarem positivo à Covid-19, confirmou o Semmais Digital junto da Proteção Civil de Setúbal.

O primeiro caso foi detetado no último domingo, no Centro Hospitalar de Setúbal, com um idoso de 92 anos de idade, que já teve alta e está neste momento assintomático.

Segundo a Proteção Civil de Setúbal, foram de imediato implementadas medidas de acordo com o plano de contingência, que levou à testagem dos restantes utentes por parte das autoridades de saúde, processo que ainda está a ser desenvolvido.

Este lar, que conta com cerca de 70 utentes, tinha sido visitado pelas autoridades de saúde, da segurança social e da proteção civil no dia 6 de agosto, altura em que, segundo as fontes do Semmais Digital “estava tudo em conformidade”.

A própria direção do Centro Geriátrico M.H.A.S já oficiou as famílias dando conta do surto, sublinhando que “todos os utentes infetados apresentam um quadro clínico estável”. Na mesma comunicação, os responsáveis do lar asseguram também que “já foram ativados todos os contatos junto da Delegada de Saúde e Proteção Civil, bem como o plano de contingência, estando a aguardar a realização de testes a todos os utentes e funcionários”.

Perante o surto, foram canceladas todas as visitas aos utentes “até ao período mínimo de 30 de agosto”.

Segundo a proteção civil de Setúbal no total de casos, o Centro Hospitalar de Setúbal/Hospital de S. Bernardo, estavam internados na enfermaria Covid doze pessoas infetadas com Covid-19.