Caminhos de Santiago vão ter nova variante na península de Setúbal

O Caminho de Santiago vai ter uma nova variante, numa parceira entre os municípios de Palmela e Setúbal, com o objetivo de fortalecer a promoção da oferta religiosa e cultural.

Resultado do trabalho de investigação que está a ser desenvolvido pelos dois municípios, o Caminho de Santiago – Caminho Central Português – Variante da Península de Setúbal, vai ser apresentado ao público no próximo domingo, pelas 11h00, integrando as Comemorações do Dia de Santiago.

O município de Palmela acredita que a implementação desta variante vai “enriquecer a história local destes territórios e colocá-los numa das grandes rotas de peregrinação do nosso país”, atraindo mais visitantes e peregrinos, “dando continuidade à afirmação” do concelho e valorizando a ligação multisecular à Ordem de Santiago”, afirma no comunicado enviado à nossa redação.

Para além do Caminho de Santiago – Caminho Central Português – Variante da Península de Setúbal, os trabalhos de investigação e de levantamento de percursos vão também dar origem “a um conjunto de ações, nomeadamente, a sinalização dos percursos e a divulgação desta nova oferta”, fazendo ainda parte dos objetivos de a autarquia obter a certificação da variante.

Domingo, a par da apresentação, as Comemorações do Dia de Santiago contam ainda com outras atividades. Uma caminhada por um dos troços do Caminho de Santiago entre Setúbal e Palmela, o Peddy Paper “Setúbal nos Caminhos da Peregrinação” e o Espetáculo RECANTO – “Concerto em trio para uma interpretação de Música Medieval e Renascentista”, na Igreja de Santiago, no Castelo de Palmela, são os eventos que fazem parte do programa.