Mostra de curtas sobre deficiências e incapacidades no Cinema Charlot

Vão ser apresentadas seis curtas-metragens e realizadas várias atividades de promoção do debate sobre saúde mental.

A “Mostra de Curtas-Metragens” começa, quarta-feira, com a apresentação dos trailers oficiais de Festival Mental e uma ação intitulada “Promoção e Prevenção de Saúde Mental: como é porquê?”, com a partilha de exemplos práticos. Antes da hora do almoço é exibida uma seleção de filmes do M-Cinema: Festival Internacional de Curtas.

No decorrer da iniciativa vão ser exibidas as curtas-metragens “Helfer”, de Anna Szollosi, Hungria, “Gastão”, de Tânia Teixeira, Portugal, “Plátano”, de Mehmet Tigli, Turquia, “Quietude”, de Radheya Jegatheva, Austrália, “O Som”, de Antony Petrou, Chipre, e “Como ensinar a chorar”, de Noemie Nakai, do Japão.

Após o visionamento das obras cinematográficas vai haver um debate aberto com o público.

O evento, desenvolvido em parceria com o Festival Mental, integra a 12.ª Semana Temática das Deficiências e Incapacidades, a decorrer até 10 de dezembro, promovido pelo Grupo Concelhio para as Deficiências e Incapacidades – Setúbal, constituído, entre outras entidades, pela autarquia sadina.

A iniciativa vai decorrer no dia 9, entre as 10h00 e as 16h30, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, com entrada gratuita, sem necessidade de inscrição.